Monday, August 15, 2016

Book review: Wayne of Gotham


Hey little swans! Como estão vocês? Espero que tudo esteja bem! Mal posso acreditar que já estamos em agosto, 2016 está voando!
Hoje trouxe a segunda resenha de livro do blog (clique aqui para conferir a primeira), da novela Wayne de Gotham escrita por Tracy Hickman (mas é claro, Batman foi criado por Bob Kane e Bill Finger!). O livro é de autoria da DC, que além de ter universos nos quadrinhos, jogos e cinema, agora tem um literário! Não é tão recente, essa novela é de 2012, mas eu fiquei muito feliz quando descobri. Eu comprei como um presente de aniversário pra mim mesma, mas como eu demoro muito pra terminar livros, essa resenha atrasou bastante, mas enfim!
Hey little swans! How are you? Hope everything's fine! I can't believe we're in August already, 2016 is flying!
Today I'll be revewing a book for the second time (click here to check out the first book review), it is Wayne of Gotham, a novel by Tracy Hickman (but of course, Batman was created by Bob Kane and Bill Finger!). The book belongs to DC, which owns universes at comics, games and movies, and now created a literature one! This is not really recent, the novel was released in 2012, but I was really happy when I found out about it. I bought it as a birthday present for myself, but as I take a long time to finish books, this review is really late, but anyways!

SINOPSE / PLOT:

"Ainda criança, Bruce Wayne testemunha o assassinato dos pais – e o mistério sobre o motivo o impulsiona a fazer uma busca pelo seu passado. É quando descobre um diário secreto de seu pai Thomas, um médico rebelde que parece finalmente revelar o seu lado obscuro.
Sua identidade é seriamente abalada quando um convidado levanta, inesperadamente, questões sobre o evento que acabou com a vida de sua amada mãe e seu admirável pai – caso que provocou para sempre sua vontade insaciável de proteção e vingança.
Para descobrir a história real da família, Batman precisa confrontar o antigo inimigo, como o perverso Coringa, seu próprio mordomo Alfred, além do passado que assombra o asilo Arkham, para assumir o novo fardo de um legado sombrio."
"Two men joined by blood but separated by murder: Thomas, the rebellious doctor and heir to the vast Wayne empire, and Bruce, his son, whose life is forever altered when he witnesses the brutal death of his parents.
The slaying of Thomas and Martha Wayne is the torturous point on which Bruce turns to become the mysterious crusader Batman—the genesis of a simple mugging gone horribly wrong. The Dark Knight's file on the case has long been closed, the foundations of Bruce Wayne's secret life secure. But these foundations are shaken when an unexpected guest invades the grounds of Wayne Manor, raising questions about the event that ended the lives of the mother he loved and the father he worshipped, and sparked his unquenchable drive to protect and avenge.
To discover his true family history, Batman must face down old foes, confront his only confidant, invade the evil heart of Arkham Asylum, and shoulder the terrible new burden of a dark legacy."

A EDIÇÃO BRASILEIRA /
THE BRAZILIAN EDITION:


Não tenho o que reclamar da edição nacional desse livro. A capa é simplesmente maravilhosa, ainda que um tanto minimalista e o papel é excelente. Sinceramente, achei muito mais bonita que a edição norte-americana/original, que na minha opinião, parece mais uma capa de HQ, e não de um livro.
I have zero complains about the Brazilian edition of this book. The cover is absolutely beautiful, though a little minimalist and the paper is great. Honestly, I think it is pretter than the North-American/original edition, which in my opinion, looks more like a comic cover than a book. 

Edição Norte-Americana /
North-American edition

O QUE EU ACHEI /
WHAT I THOUGHT OF IT:

Eu esperava algo diferente, mas não me desapontou! Ler uma história de Batman nesse formato lhe dá outra perspectiva desse universo e mais detalhes de tudo (como a história do Asilo Arkham e seus terrores, o funcionamento do batmóvel e os bat-computadores, etc). Além disso, a novela nos permite conhecer Martha Kane e Thomas Wayne como nunca antes! A história é divida entre o presente e o passado no final da década de 50, antes deles serem um casal e durante a juventude, e talvez consigam imaginar o quanto eu surtei quando a narrativa revelou que Martha era (secretamente) uma beatnik! Existe uma passagem ou outra com um leve toque de erotismo e tensão sexual entre eles, mas nada "escancarado", nem que se possa comparar ao erotismo (ou melhor, "p*taria") das HQs que Kevin Smith escreveu, por exemplo (tipo, é sério, não leia O Grande Giro se você não gosta de insinuações e piadas de cunho sexual o tempo todo - aliás, não leia essa HQ em hipótese alguma porque ela é muito ruim!). Também tem personagens novos criados apenas para o livro, o que torna tudo mais legal!
O enredo conseguiu englobar vários vilões (alguns não tão famosos e outros novos), mas a única coisa que me decepcionou sobre a história foi a ausência da bat-família. Não há participação de nenhum Robin, Bruce é completamente sozinho aqui e o mais próximo que temos disso é menções à Barbara Gordon. Isso me incomodou um pouco porque partiu muito pro estereótipo de que "o Batman trabalha sozinho" (o que é a maior mentira) e os Robins são muito importantes na história do personagem e na mitologia.
I was expecting something different, but it didn't disappoint me! Reading a Batman story on this kind of format gives you another perspective of this universe and more details on everyhing (as the story of the Arkham Asylum and its horrors, how do the batmobile and batcomputers work, etc). Besides, the novel allows us to meet Martha Kane and Thomas Wayne as never before! The story is divided between the present and the past in the late 50's, before they were a couple and during their 20's, and I believe you can imagine how I reacted when the plot revealed that Martha was (secretly) a beatnik! There are a few parts with a slight touch of eroticism and sexual tension between them, but nothing really "explicit", and it can't be compared to the eroticisim seen at some comics that Kevin Smith wrote (like, seriously, don't read The Widening Gyre if you don't like sexual inuendos and jokes all the time - by the way, just don't read this comic because it is really bad!). There are also new characters created for the book, which makes everything cooler! 
The plot included many villains (some that aren't famous and new ones), but the only thing that disappointed me about it is that there's no bat-family. There's no appearances of the Robins, Bruce is completely alone and the only we get is a few mentions to Barbara Gordon. This bothered me a little because it's too much of the "Batman works alone" stereotype (that's a horrible lie) and Robins are actually very important for Bruce's story and mythology of Batman. 

CONTRA-INDICAÇÕES /
CONTRANDICATIONS:

Eu não recomendaria a novela a um novo leitor de Batman, e o motivo é simples: muitos nomes, termos e referências que podem não ser familiares a um "iniciante" (leia aqui o post sobre 10 coisas que todo novo Batmaniac deve saber!). O livro não é uma introdução, Bruce está com quase 50 anos de idade nele, então se você não conhece bem o universo do morcegão, aconselho a ler as HQs "básicas" (aqui tem uma lista legal) e dar uma conferida na série animada primeiro. Então por favor, não pegue o bonde andando ou você vai ficar mais perdido que o John Travolta!
I don't recommend this novel to a new Batman reader, and the reason is very simple: too many names, terms and references that might not sound familiar to a "beginner" (check out here a list of 10 things that every new Batmaniac must know!). This book is not an introduction, Bruce is almost on his 50's, so if you don't know the bat's universe very well, I recommend you to read the "essential" comics (there's a nice reading list for new readers here) and watch a few episodes of the Animated Series first. So please, don't try to skip those essentials or you'll be as confused as John Travolta!

NOTA FINAL /
OVERALL RATING:
4/5
É um livro que todo leitor de Batman deveria ter em sua coleção, mas é uma pena não ter a bat-família na história.
It's a book that every Batman reader should own, but it's a shame that there is no bat-family in the plot.


Isso é tudo pessoal! Espero que tenham gostado e que leiam Wayne de Gotham <3 semana que vem tem mais! XOXO
That's all folks! I hope you read Wayne of Gotham and like it <3 there will be more next week! XOXO

6 comments:

  1. Gente, a capa da versão brasileira tá muito mais charmosa e elegante, gostei mais também ♥

    Adorei a indicação, eu tenho certo conhecimento do universo Batman (não tanto como você e outros fãs hahah), mas acho que dá pra ler numa boa.E que interessante a Martha ser beatnik :o deu muita vontade de ler!

    Beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Vc conhecendo relativamente bem dá pra ler tranquilo, talvez tenha que pesquisar alguns nomes, mas é de boa! Leia mesmo!
      Beijos!

      Delete
  2. Eu adoro a série animada do Batman, inclusive ele é um dos meus heróis favoritos! Apesar de não ser aquela super fã, sempre tive carinho por ele quando criança!

    Senti vontade de ler, mas pra não "pegar o bonde andando", vou dar uma olhadinha nas HQs ;*

    Beijos beijos ♥

    ReplyDelete
    Replies
    1. A série animada é definitivamente uma das melhores coisas que existe de Batman! E leia mesmo, as HQs são incríveis! XOXO

      Delete
  3. Que legal o livro e realmente a edição nacional teve uma capa melhor. É uma pena não ter explorado a batfamilia, mas fazer o que. Como eles desenvolveram bem os pais do Bruce, talvez não tenha dado tempo para encaixar mais personagens.

    Beijos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Pois é, pode ter sido isso, mas eu esperava pelo menos uma participação do Damian como Robin :( xoxo

      Delete