Wednesday, March 22, 2017

Leituras e filmes favoritos de fevereiro / February readings and favorite movies

Olá little swans, é aquela época do mês de novo! Era pra eu ter postado semana passada, mas tive problemas com a internet. Agora que está tudo resolvido, vamos aos filmes favoritos e leituras do mês de fevereiro!
Hey little swans, it's that time of the month again! I was supposed to post it last week, but I had issues with my internet. Now that everything settled down, I'll talk about my favorite movies and readings of February!

LEITURAS


♥ Batwoman Rebirth: Quando o Rebirth foi anunciado, Batwoman não estava na lista dos novos títulos e eu desesperei, mas a DC não a esqueceu e Kate voltou a ter sua própria revista. Batwoman Rebirth deu um gostinho do que virá pela frente e eu estou MUITO ansiosa pra ver o que vai acontecer. Torcendo pra Kate voltar com a Montoya! #UltimateOTP
♥ Supersons #1: Um dos títulos do Rebirth mais aguardados e mal posso esperar pelas próximas edições. A relação de gato e rato de Jon e Damian é hilária, não importa se um é superpoderoso e o outro é superinteligente e habilidoso, as brigas são totalmente infantis. A leitura vale muito a pena tanto para fãs de Batman quanto de Superman;
♥ Capuz Vermelho e os Fora-da-Lei: Coloquei em dia as edições que eu não tinha lido ainda. É o meu título favorito do Rebirth até agora e estou amando o Jason sendo "pedagogo" do Bizarro, acho que ninguém nunca imaginou o quão interessante seria esses dois juntos. Porém, não curti muito o desenhista da sétima edição, acho bem estranho o rosto que ele faz para o Jay, mas os tons de vermelho nos flashbacks prevalecem e isso já me deixa bem feliz!
♥ "Helena" de Machado de Assis: Um livro que comprei há muitos anos e só agora peguei para continuar, e tive que recomeçar porque já não lembrava do começo. Taí uma obra do Machadão que merecia a mesma repercussão de Dom Casmurro porque, sinceramente, uma história de incesto, em 1876, deveria ser a definição oficial de polêmico. Eu amei a crítica que ele faz à mulher perfeita do romantismo, simplesmente espetacular como esperado desse escritor fantástico.
♥ Batwoman Rebirth: When Rebirth was announced, Batwoman wasn't on the list for the new titles and I freaked out, but DC didn't forget about her and Kate has her own book again. Batwoman Rebirth gave us a sneak peek of what's coming up and I'm SO excited to see what the heck is going to happen. Fingers-crossed for Kate and Montoya! #UltimateOTP
♥ Supersons #1: One of the most awaited titles from Rebirth and I can't wait for the next issues. Jon and Damian's cat-and-rat "friendship" is hilarious, it doesn't matter if one is superpowerful and the other one is superintelligent and skilled, their fights are so childish. It's a worth readings, for both Batman and Superman fans;
Red Hood and the Outlaws: I catched up with this title. It's my favorite Rebirth title so far and I'm loving Jason and Bizarro's friendship, it's like Jason is a kindergarten teacher for him, I bet no one ever thought that they would be so interesting together. But I didn't really like the artist of issue 7, I think he does a really weird face for Jay, but the shades of red in flashbacks were kept and it makes me really happy!
♥ Machado de Assis' "Helena": I got this book a long time ago but only now I decided to read. That's a Machado's book that deserves the same attention and controversy of Dom Casmurro because, honestly, a story about incest in 1876 should be the official definition of controversy. I love the critics on the concept of a perfect woman seen in Romantic books, it's simply spectacular as expected from this writer.

FILMES FAVORITOS


♥ Lego Batman - O Filme: Esse aqui não foi só meu filme favorito de fevereiro como um dos meus favoritos da vida inteira. Roteiro excelente, uma homenagem à cultura pop, diverte tanto ao público infantil quanto aos fãs fanáticos de Batman como eu. Lotado de referências de todos os tipos de mídia do morcegão e a nova versão do Dick é uma fofura! Se você é um Bat-fã e ainda não viu, corre!
♥ "The Love Witch" de Anna Biller: Você deve ter olhado para a imagem acima e pensado que é um horror trash dos anos 60. Pois bem, errou - The Love Witch é de novembro de 2016! Quando vi fotos promocionais e o trailer no Tumblr, eu pirei. A única coisa que denuncia que o filme é recente é a qualidade da imagem, mas a montagem, filmagem, cores e fotografia são idênticos aos dos filmes do final da década de 60. Terá resenha aqui em breve!
♥ The Lego Batman Movie: This is not only my favorite February movie but one of my all-time favorite movies. Awesome script, a homage to pop culture, it entertains both children and longtime Batman fans like me. It has so many references from all kinds of the Bat's media and Dick's new version is just so cute! If you're a Bat-fan who didn't see it, just stop what you're doing and grab your popcorn! 
♥ Anna Biller's "The Love Witch": I bet you looked at the picture above and thought that it's a 60's trash horror. Well, you're wrong - "The Love Witch" was released in November 2016! When I saw its promotional pictures and trailer on Tumblr, I lost my mind. The only "proof" that it's a modern movie is the HD image of it, but montage, shooting, colors and photography are identical to late 1960's productions. I'll review it here soon!

A menção honrosa desse mês vai para "The Runaways" de Floria Sigismondi! Eu não sou muito ouvinte de rock, mas o gênero tem histórias fantásticas e as The Runaways, que foi uma das primeiras girl bands da história, é uma banda muito importante para ele. Eu amei o filme, maquiagem, figurinos e fotografia, mas achei o final bem fraco, então deixo como menção honrosa. E ah, é importante lembrar que a Joan Jett o produziu!
And this month's honorable mention goes to Floria Sigismondi's "The Runaways"! I'm not much of a rock listener, but this genre has so many fantastic stories and The Runaways, one of the first girl bands in history, is a really important band of it. I loved the movie, makeup, costumes and photography, but I thought the ending was a little weak, so I leave it as honorable mention. And an important reminder: Joan Jett was its producer!


Para quem não tinha ouvido ainda, saiu a segunda edição do meu podcast, o Bolsa Nerd, e ele é super especial porque é uma homenagem às grandes mulheres da cultura pop! Para ouví-lo é só clicar aqui.
E isso é tudo pessoal! Me desculpem o atraso com o post, mas agora tudo vai correr normalmente. Até semana que vem!
And that's all folks! Sorry for delaying this post, but everything will just be fine now. See you next week!

Wednesday, March 8, 2017

Blogagem coletiva V&RB: Cinco mulheres inspiradoras

Message to my international little swans: This post in Portuguese only. I apologize, babies! But don't worry, posts with English translation will still happen! 

Oi little swans, tudo bom? O post de hoje faz parte da blogagem coletiva do mês de março do grupo Vintage & Retro Bloggers e, em comemoração a este dia maravilhoso que é hoje, é sobre as cinco mulheres que mais me inspiram. Foi difícil escolher apenas cinco, pois têm muitas mulheres maravilhosas que são muito inspiradoras.

5 - MARY SHELLEY:


Ela só era uma adolescente quando criou um dos monstros mais icônicos da cultura midiática e foi uma das primeiras mulheres a falar publicamente sobre nossos direitos, além de ser a mãe do sci-fi. Shelley é revolucionária, inteligente e importante para a cultura pop, eternizada pelo seu personagem e flores no vestido. 

4 -  MISTY COPELAND:


Negra, com coxas grandes e iniciação no ballet aos treze anos, Misty tinha tudo para não dar certo como bailarina e ainda teve que ficar um bom tempo sem dançar por problemas judiciais envolvendo sua mãe. Hoje, aos 34 anos, é a primeira-bailarina do American Ballet e uma das únicas negras que chegou a um nível tão alto no mundo bailarino. Misty me inspira por eu também ter começado ballet aos treze anos e me lembra que não é a idade em que iniciou que faz diferença, e sim sua dedicação.

3 - LADY GAGA:


Stefani Joanne Angelina Germanotta, mas você pode chamá-la apenas de Lady Gaga. Madrinha dos LGBTs, excêntricos e rejeitados, não tem nem muito o que explicar sobre essa rainha. Ela mora no meu coração e sou eternamente grata por ela me inspirar a "colocar as patas para cima". 

2 - BETTIE PAGE:


Abusada pelo pai, abandonada pela mãe, quase morta pelo primeiro marido, mas a cabeça está sempre erguida. Bettie é muito além de um dos maiores ícones pin up; ela é um exemplo de superação, força, revolução, liberdade sexual e ousadia. Evangélica? Sim. Sexualmente livre? Também! Bettie era tudo isso e muito mais, além de ter mostrado ao mundo que sim, uma mulher pode ter celulite e ser muito sexy. 

1 - MINHA AVÓ:

Eu infelizmente não tenho uma imagem legal da minha avó no momento, mas ela é a número um da minha lista de mulheres inspiradoras. Se fossem cem mulheres, ela ainda seria a primeira. Ela é à frente do tempo dela e tem um pensamento melhor do que muitos jovens, me ensinou muitas coisas e praticamente me criou. Não sei explicar o quanto eu a amo, mas contei mais um pouquinho sobre ela aqui

Isso é tudo pessoal! Venham fazer parte do Vintage & Retro Bloggers se você ainda não está com a gente! Beijinhos e feliz dia internacional da mulher!


Tuesday, February 28, 2017

Agenda, bullet journal e diário: Porque uso todos eles / Planner, bullet journal and diary: Why I use them all

Olá little swans, tudo bom? Este é um post bem diferente, acho que nunca fiz algo assim antes. Hoje irei falar sobre agenda, bullet journal e diário, porque uso os três e as vantagens e desvantagens de cada um. Eu sou muito adepta à escrita, desde pequena sou apaixonada por papel e caneta e não consigo usar aplicativos de agenda. Tentei várias vezes mas nada substitui canetas, adesivos e uma capa bonita. Tenho uma coleção de agendas e diários e agora experimentei o bullet journal, mas vamos falar de cada um separadamente.
(PS: vocês devem ter reparado que agenda é "planner" na tradução do inglês e quero aproveitar pra dizer que é a maior bobagem chamar agenda argolada de "planner". Planner significa agenda, QUALQUER agenda, não sei como a palavra foi vulgarizada como um termo errado por aqui). Hey little swans, how are you? This post is very different, I think I've never done something similar before. This is about my planner, bullet journal and diary, why I use all of them and their pros and cons. I'm really into writing, since I'm a child I'm passionate about paper and pen and I just can't use planner/calendar apps. I've tried so many times but no technology replaces pens, stickers and a pretty cover. I have a collection of planners and diaries and I'm now trying the bullet journal, but I'll talk abou them separately.

AGENDA/PLANNER:
Eu uso a agenda apenas para compromissos com hora marcada, como hora no médico e cabeleireiro, eventos, cinema e coisas do tipo. Prefiro não gastar muito na hora de escolher uma porque as agendas brasileiras são normalmente diárias, o que causa um certo desperdício de páginas. Também colo ingressos de cinema, passagens de viagens e o que mais eu achar que marcou o dia e couber no espaço restante.
I use my planner only for scheduled appointments, like doctor, hairstylist, events, cinema and stuff like that. I don't like spending too much on a planenr because the Brazilian ones are usually daily, which causes a waste of pages. I also stick movie and trip tickets on it, and what else I think it's something to be remembered.


PROS:
. Perfeito para compromissos de hora exata;
. Ideal para quem tem muitos compromissos durante o dia;
. Organiza eventos futuros;
. Normalmente acompanha agenda telefônica.

. Perfect for scheduled appointments;
. Nice for those who have a lot of appointments during the day;
. Organize future events;. Usually comes with an address book.

♥ CONS:

. Páginas de dias anteriores em branco se tornam inúteis;
. Dificilmente tem um bom custo-benefício;
. Dependendo da agenda, não tem espaço para anotações livres.

. Previous pages become useless;
. Prices are usually a little high;
. Depending on the type of planner, it doesn't have space for extra notes.

BULLET JOURNAL:

O BuJo é bem novo pra mim. Já tinha visto imagens pela internet e eu achava que eram agendas normais, mas no começo de janeiro descobri do que se trata (tive sorte, foi bem no comecinho do ano!). Fiquei louca pra testar, até porque é totalmente customizável e você faz da forma que te melhor beneficia. Uso para listar meus afazeres durante o dia que não são compromissos de hora marcada, e por isso acabei usando mais do que a agenda. Fiz o ano inteiro em um caderno de duzentas páginas usando duas para uma semana e gastei literalmente só a metade do caderno para isso.
É lá onde eu também anoto sobre ideias de posts, agenda do blog e podcast, compras online, rotina de estudo, metas de economia e filmes favoritos do mês. Ah, também tem uma árvore dos sonhos, posso colar vários adesivos e um monte de páginas para desenhar livremente!

BuJo is really new to me. I've seen images around the internet and I thought that they're regular planners, but at the beginning of january I found out what it is about (I was lucky, it was really in the beginning of the year!). I was so excited to try it because it's super DIY and you do it the way you like better. I use it as a to-do list of stuff that aren't scheduled, so this is why I use it more ofter than the planner, I did the entire year in a 200 pages notebook and using two for each week, I spent literally half of the notebook for that. I also use it for blogging ideas, blog and podcast schedule, online purchases, study routine, saving goals and monthly favorite movies. And there's a dream tree too, I can put a lot of stickers and there are still a bunch of pages to draw! 


♥ PROS:
. Customiz
ável, você faz da forma que achar melhor (sério, pare de olhar imagens de inspirações inatingíveis do Pinterest e vá fazer seu BuJo do SEU jeito!);
. Barato, dá pra fazer com uma só caneta e um caderno qualquer;
. Prático, fácil de transportar e usar durante o dia;
. Liberdade, MUITA liberdade;
. Se quiser, pode fazer até dois anos num caderno só;
. Realmente ajuda a guardar os afazeres na memória, qualquer coisa é só sacar da bolsa e checar o que tem no dia rapidinho.
. Customizable, you do however you want (seriously, stop looking at unreachable inspiration photos on Pinterest and go make your BuJo in YOUR OWN way!);

. Low-cost, you can do it using only a random notebook and a pen;
. Travel-friendly, easy to use and carry during the day;
. Freedom, a LOT of freedom;
. If you want to, you can use a single notebook for two years;
. It really helps to keep your to-do list on your mind, and you can always pull it from your bag and check it.

♥ CONS:

. O ideal
é fazer o BuJo de caneta, então um errinho pode ser um pequeno problema depois. Errei na numeração das páginas e tive que passar corretivo;
. Fazer o ano inteiro num caderno e numerar as páginas, à mão, pode ser um tanto cansativo;
. Pode ocorrer de sobrar muitas páginas que você não vai usar e metade do BuJo ficará em branco (principalmente se optou fazer uma semana em duas páginas como eu fiz). Eu estou usando essas páginas para desenhar e coisas do tipo, mas ano que vem farei diferente para não acontecer de novo. 
. It's recommended to write on it with a pen, so a little mistake might be a problem later. I screwed at the page counting and I had to use a correction fluid;
. Making an entire year and number pages, by hand, might be a little tiring;
. It may occur that many pages will end up blank and half of your BuJo will be empty (specially if you chose to do something similar to what I did). I'm using those pages to draw and stuff like that, but I'll do my next year's BuJo in a different way to avoid wasting. 

DIÁRIO/DIARY:

Esse é o que eu uso há mais tempo. Meu primeiro foi aos seis anos, então eu tenho uma biblioteca de diários em casa. A popularidade do diário caiu muito recentemente — enquanto nos anos 80, 90 e começo dos anos 2000 era completamente comum, hoje é sinônimo de decadência, nostalgia, um hábito ultrapassado. Também é outro que experimentei aplicativos e não me adaptei. Não tem muito o que explicar, todo mundo sabe o que é um diário. O que uso atualmente é um caderno comum e cheio de "gambiarra": coloquei os fechos que retirei de um daqueles diários infantis (bem barato, por isso está meio enferrujado) e o cadeado de senha é do meu primeiro. Depois peguei uma fita qualquer e fiz um marca-página. Eu ainda vou ter algo bem fino igual ao da Mia Thermopolis <3
This is the one I use for most long time. My first was when I was six, so I own a library of diaries. The hype on diaries faded a time ago  — while in the 80's, 90's and early 2000's it was completely normal to write one, it's now a synonymous of decadency and nostalgy, an outdated habit. I also tried apps for this but didn't work. There is almost nothing to explain here, everyone knows what a diary is. I'm currently using a regular notebook with an improvisation: I put those silver things I found on one of those kids diaries (those cheap ones, that's why it's kinda rusty) and a password lock which is from my first diary. Then I got a random ribbon and voilá, page marker. One day I'll have something really classy like Mia Thermopolis' <3


♥ PROS:
. Lugar especial para resumir seu dia, desabafar e guardar segredos, coisa que normalmente n
ão se faz numa agenda ou BuJo;
. Tamb
ém é bem customizável, já que é bem pessoal;
. Não fala, então não vai contar nada a ninguém! Haha!
. Usar um caderno comum ou algo mais caro e refinado: a escolha é sua e do seu bolso.
. Special place to write about your day, vent and keep secrets, which you don't usually do on a planner or BuJo;

. It's very customizable too, since it's pretty personal;
. I doesn't speak, so it won't tell anything to anyone! Haha!
. Use a normal notebook or something classier and expensive: it's your and your pocket's choice.
CONS:
. Se n
ão tem um cadeado decente, tem que tomar cuidado com bisbilhoteiros;
. Perd
ê-lo é um perigo e até comprometedor. Minha dica é deixar um post-it na capa com seu nome e número de telefone, sem coisas do tipo "não leia" ou "não abra" porque pode aguçar a curiosidade de quem o encontrar;
. Não é legal de se carregar na bolsa no dia-a-dia pelos motivos acima.
. If it doesn't have a decent lock, you must be careful with snoopers;

. Losing it is dangerous and even compromising. My tip is to stick a post-it on the cover with your name and phone number, don't write stuff like "don't read" or "don't open" on it because it may tease the curiosity of the person who found it. 
. It's not really nice to carry it during the day for the reasons above.

OUTROS/OTHERS:

. Diário de beleza: Estou pra fazer um post sobre isso desde o ano passado, esse ano deve sair. Nesse caderninho lindo e super brilhante da Daiso, anoto receitas de beleza caseiras, produtos favoritos e que testei, rotina de cuidados com a pele, dicas e tudo o que é relacionado a esse universo. 
. Beauty diary: I'm about to post about it since last year, I might finally do it this year. On this super cute and sparkly notebook from Daiso, I write down beauty recipes, favorite products I tried, skincare routine, tips and everything related to this universe.


. Caderno de anotações aleatórias: Eu tentei fazer um bullet journal (sem saber que era um bullet journal) nesse caderno estilo moleskin também da Daiso que comprei há uns dois anos. Não funcionou, uso até hoje para fazer várias anotações diferentes e como um tracker de séries que estou assistindo, filmes, livros e quadrinhos.
. Random notes notebook: I've attempted a bullet journal on it (although I didn't even know it was a bullet journal), it's a moleskin-like notebook also from Daiso, I got it two years ago. Didn't work, I use it now for random notes and reminders and as a tracker for shows I'm watching, movies, books and comics.



Isso é tudo pessoal! Conta aí, vocês também usam BuJo e diário? Eu ficaria mega feliz em saber que tem mais gente que ainda tem diário!
Até a próxima!
That's all folks! Tell me, do you also use BuJo and diary? I'd be SO happy to know that someone else also writes a diary!
'Till next time, XOXO!